A joaninha resmungona. (Edição cartonada)(LER +)

Era de noite e os pirilampos dançavam à volta da Lua. Às cinco da manhã em ponto nasceu o Sol. Uma simpática joaninha chegou a voar pela esquerda. Viu uma folha cheia de pulgões e pensou comê-los ao pequeno-almoço. Nisto andava, quando apareceu uma joaninha resmungona pela direita. Também ela viu os pulgões e também ela pensou que dariam um bom pequeno-almoço. 

«A joaninha resmungona», datado de 1977, é todo ele uma lição de boas maneiras, em que a má educação da protagonista contrasta com a amabilidade da sua congénere. As palavras «obrigada» e «por favor» não fazem parte do seu vocabulário e, menos ainda, a ação de partilhar. O seu comportamento resume-se a desafiar os diferentes animais com os quais se vai cruzando, sem ligar sequer ao tamanho deles, para lutar com ela. 

De destacar ainda é o recurso gráfico a páginas de diferentes dimensões que vão ficando maiores à medida que as horas do dia avançam e a história se vai desenrolando. 

Tipografia, ilustração e narrativa seguem de mãos dadas, formando uma estrutura circular, ao longo da qual o leitor pode não só explorar os conceitos das horas, dos tamanhos e das formas; como também viajar por terra, mar e ar e conhecer os animais que habitam nesses meios. 

A natureza e os conceitos úteis e práticos são elementos constantes da obra de Eric Carle, que, assim, de uma forma só aparentemente simples, incentiva as crianças a aprenderem e a movimentarem-se no mundo que as rodeia.

13,00 €